Desenvolvimento Comportamento Fases Saúde

Shantala ajuda a reforçar o vínculo com o bebê

Escrito por Marielly Campos

Massagem é simples e pode ser feita a partir do primeiro mês de vida

Da Redação

Durante a massagem converse, sorrie, faça caretas engraçadas; isso ajuda a manter a atenção do bebê - Foto: Qazyamyam0/PixaBay

Durante a massagem converse, sorrie, faça caretas engraçadas; isso ajuda a manter a atenção do bebê – Foto: Qazyamyam0/PixaBay

Estimular e cuidar do bebê são tarefas diárias de todos os papais e mamães. Nos primeiros meses de vida, o recém-nascido começa a criar vínculos. O carinho e o cuidado são o caminho para que isso aconteça. A Shantala, uma técnica de massagem que nasceu na Índia, é uma ótima aliada, que, além de acalmar o bebê, também ajuda a evitar ou diminuir as cólicas tão comuns nesta fase.

Segundo a enfermeira obstetra Cinthia Calsinski, o contato com o bebê, além de ser uma delícia, também incita movimentos como rolar, sentar e engatinhar, que ele vai desenvolver em breve.

Veja abaixo dez dicas da enfermeira para potencializar a massagem:

1. Prepare o ambiente antes de iniciar a massagem. Deixe o cômodo à meia luz, a temperatura deve ser agradável e uma música relaxante ajuda a mamãe e o bebê a entrarem no clima
2. Em seguida, a mãe deve escolher um óleo para massagear o bebê. O ideal é que este óleo possa, também, estimular a aromaterapia
3. O ideal é fazer a Shantala meia hora após a mamada. A criança deve estar tranquila para que possa curtir a massagem
4. A mãe, o pai ou o cuidador deve se sentar com as pernas esticadas e colocar o bebê no colo, sobre as pernas
5. Com as mãos untadas no óleo, esfregue uma palma contra a outra para aquecer antes de tocar o bebê
6. As mãos devem estar relaxadas e os dedos, unidos. Deslize-a sobre o peito do pequeno, horizontalmente, em direção à axila e aos ombros

Clique e veja mais:
Seu bebê sofre com cólicas? 

7. Segure o punho do bebê como se fosse um bracelete e deslize a outra mão ao longo do bracinho. Massageie também as mãozinhas do pequeno. Use o mesmo movimento nas perninhas e pés
8. Durante a Shantala, converse, sorria, faça caretas engraçadas. A atitude ajuda a prender a atenção do bebê
9. Com as mãos em concha, deslize-a da base da costela até a pélvis do bebê para aliviar as cólicas
10. Não é fácil se desligar do que vem depois, mas aproveite o momento para relaxar e aproveitar o contato com o bebê. Permita-se! Além disso, tire umas casquinhas dele: beijos, carinhos, olhares reforçam a cumplicidade e estreitam o laço afetivo com a criança



Sobre o autor

Marielly Campos

Deixe o seu comentário